Com um início consistente na Liga Ouro 2019, o Cerrado vai com todas as forças para cima do Blumenau Basquete neste sábado em sua primeira partida fora de casa. Ao contrário dos Brasilienses, a equipe adversária vem de duas derrotas e faz sua estréia em casa. Mais um páreo duríssimo para o representante do DF nesta que é a Liga Ouro mais forte de todos os tempos.

Gosto amargo

Depois de uma derrota dura, por um ponto de diferença em partida definida nos segundos finais no jogo contra um dos candidatos ao título, São Paulo F. C., o Cerrado mostrou um bom poder de recuperação e força mental que passa o recado que nesta temporada o time conseguirá enfrentar qualquer adversário de igual para igual. A última derrota deixou um gosto amargo na boca que é nítido na expressão do plantel. Blumenau que se cuide porque a turma da capital está indo com tudo.

Novidades

A grande novidade fica por conta dos americanos Malcolm Allen e Christian Thompson, vindos de Stanford e Southern Utah, respectivamente. Empolgados em sua primeira temporada como profissionais, querem estrear com o pé direito nessa Liga ouro.

“Eu aguardo uma torcida hoje bem barulhenta, com um Blumenau jogando forte e com muita paixão. Particularmente eu tô muito animado com a estréia e poder jogar com meus companheiros. Acredito que o segredo hoje é jogar forte na defesa e ser solidário no ataque, assim vamos por um bom caminho para a vitória”.

Declarou Malcolm.

Malcolm vem empolgado para sua estréia.

A outra novidade, Christian Thompson, com seus 2,01 e precisão nos arremessos do perímetro completou.

“Tudo começa por uma boa defesa, se nós nos dedicarmos na defesa e executarmos bem as jogadas ofensivas vamos estar bem. Vamos fazer melhor nesse jogo e espero me divertir bastante nesse jogo e poder contribuir bem com meus companheiros de time.”

Para Evan Zabriski, lateral de 1,97m que já estreou nessa Liga Ouro e vai se juntar aos seus compatriotas nessa grande estréia deles acha que o Cerrado tem sempre que esperar do adversário o melhor e maior nível técnico possível, independente da equipe pois ele acha que a comissão técnica vem preparando muito bem o Cerrado e que poder contar com o Malcolm e o Christian neste jogo vai elevar a equipe para outro patamar.

Evan treinou bem essa semana e deve ajudar na estréia dos seus compatriotas.

O técnico Ronaldo Pacheco concorda e acha que os dois americanos elevarão a capacidade de rotação da equipe onde darão condição de manter um nível intenso de marcação agressiva e saída rápida, principais características da equipe. Ronaldo espera que a equipe faça uma boa partida e saia com uma vitória.

O Cerrado Basquete conta com o patrocínio da Green Ambiental e o apoio da Companhia Athlética, Faculdade Iesplan, Montenegro Traumatologia Esportiva, Henrique Chaves Fisioterapia, NCB Núcleo Cardiológico de Brasília, Secretaria de Esportes do GDF e Brasília Imperial Hotel.

 

Categorias: noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *